História de Fernando de Noronha

Pôr do Sol em Fernando de Noronha

A ocupação de Fernando de Noronha é tão antiga quanto à do Brasil.
Em 1503 Américo Vespúcio fazia a segunda expedição portuguesa ao Brasil quando se deparou com a ilha pela primeira vez.

No ano seguinte a ilha é doada a Fernão de Loronha de quem acabou herdando o nome, mas na verdade o burguês nunca pisou no solo noronhense.

Desde então foi invadida e ocupada por holandeses, portugueses e alemães. Em 1737 é definitivamente ocupada pelos portugueses que constroem 10 fortificações, entre elas o Forte Nossa Senhora dos Remédios.

Em 1938 é vendido por Pernambuco ao Ministério da Guerra e transformada em presídio político.
Em 1942 é transformada e Território Federal
Durante a Segunda Guerra Mundial é construida uma base militar americana.
Finalmente em 1943 assume o primeiro governador do território, o Coronel Tristão de Alencar Araripe, responsável pela construção do Aeroporto, das estradas, do hospital e do colégio.
Em 1988 é reanexada a Pernambuco.

Nos dias atuais como Distrito Estadual e dirigida por um administrador nomeado pelo governo.

Onde Fica Fernando de Noronha

Vista aérea de Fernando de Noronha

12 milhões de anos vulcões submersos a 4 mil metros entraram em atividade e deram origem às 21 ilhas que compõem o arquipélago.

 

Estando a 3º 54' abaixo da linha do Equador a ilha é atingida por um clima insular tropical. Temos praticamente 2 estações, uma chuvosa entre Março e Agosto e outra seca entre Setembro e Fevereiro. Temperatura práticamente constante em torno de 25 a 30º C

Está distante 540 Km de Recife e 360 Km de Natal. Sua área é de 27Km2 sendo a ilha principal a única habitada por cerca de 4 mil habitantes e com 17 Km2 de área.

O Morro do Pico é a ponto mais alto do arquipélago com 323 metros.

Saiba mais detalhes de Onde Fica Fernando de Noronha no Blog da Trip Noronha.

Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha

Praia da Atalaia em Fernando de Noronha

Criado em 1988, é administrado pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Tem como objetivo proteger os recursos naturais e culturais preservando a fauna e a flora, sitios históricos e arqueológicos, além de proporcionar vistação pública, lazer, pesquisa e educação.

Nada se leva de um Parque Nacional. Caçar, pescar, e molestar animais é crime previsto por lei.
Entrar no Parque Nacional com animais domésticos pode causar problemas como introduzir doenças e ameaçar o ambiente natural.

Nada se deixa em um Parque Nacional. Todo o lixo deve ser coletado e reciclado ou retirado da ilha.
As áreas de visitação pública são restritas e normalmente possuem horários definidos.

Projetos como Golfinho Rotador e Tamar (tartarugas marinhas) possuem suas bases em Fernando de Noronha auxiliando no estudo das espécies e controlando as populações.

Todas as noites no Centro do Visitantes do Projeto Tamar são ministradas palestras sobre temas variados como: Tartarugas Marinhas, Golfinhos Rotadores, Tubarões, Ilhas Oceânicas, Áreas de preservação ambiental entre outras.
As palestras de segunda a sábado começam as 21:00h e no domingo as 20:30h. Entrada Franca!

Quer conhecer mais sobre Fernando de Noronha?

Visite o Blog da Trip Noronha. Lá você vai encontrar toda a informação que precisa para organizar sua viagem ou apenas matar sua curiosidade.